RSS 2 Feed4 formas de aumentar a produtividade em hospitais e centros diagnósticos

Aumentar a produtividade em hospitais e centros diagnósticos é a meta de muito gestores. E eles querem mais: integrá-la à eficiência das atividades, à conscientização dos funcionários internos e à otimização dos cuidados clínicos ao paciente.

Promover a política da efetividade dos serviços e da redução de custos deve ser uma tarefa constante, porém é um processo mais desafiador para aqueles indivíduos que não enxergam os hospitais como serviços empresariais de saúde. Além disso, é importante que a produtividade seja aumentada sem que a sensibilidade e o cuidado com cada exame e diagnóstico seja reduzido.

Quer saber como aumentar de forma eficiente e prática? Então, acompanhe nosso post de hoje e fique por dentro!

1. Revise as rotinas

As rotinas hospitalares e dos centros diagnóstico são elaboradas para garantir a padronização dos processos, a uniformidade das condutas, a detecção de irregularidades e o aumento da produtividade. Todavia, algumas atividades devem ser revistas sempre que houver alterações importantes no fluxo hospitalar, na efetividade das ações ou quando ocorrer a ampliação da informatização dos serviços.

A informatização trouxe para as empresas maior controle dos serviços. Aquelas que implantaram a emissão de laudos online, por exemplo, ganharam vantagens relacionadas à redução de custos operacionais e ainda transferiram a responsabilidade pelo armazenamento desses documentos para o paciente.

2. Invista em tecnologias

Muitos procedimentos clínicos e radiológicos foram otimizados para garantir diagnósticos mais precisos e pacientes mais satisfeitos. Tecnologias que apuram melhor a sensibilidade e a especificidade dos exames vêm sendo aprimoradas constantemente.

Em relação ao aumento da satisfação dos pacientes, é possível perceber que ela está diretamente relacionada à implantação do armazenamento de exames radiológicos em sistemas na nuvem. Essa é uma das propostas do conceito de software como serviço (Software as a Service – SaaS), modelo que oferece aplicações on-line em que a cobrança é feita com base apenas no que é utilizado.

3. Promova treinamentos

Treinar é um ato exaustivo em que o gestor promove mudança de comportamento nos funcionários a partir de uma rotina padronizada. Isso significa que os supervisores devem compreender a importância de se fazer algo corretamente para evitar erros.

Em ambientes hospitalares e centros diagnósticos, é importante investir em capacitação constante para prevenir problemas, readequar rotinas e identificar falhas que atrapalham o fluxo final. Além disso, é fundamental obter retorno dos funcionários que operam os processos diariamente. Assim, fica mais fácil contribuir diretamente para a melhoria das atividades propostas e o aumento da produtividade das instituições de saúde.

4. Busque benchmarking

Aumentar a produtividade em serviços diagnósticos pode parecer algo complexo e desafiador. As fontes científicas ajudam pouco e as melhores práticas não estão documentadas. Por isso, é preciso investir no benchmarking, comparar com os pares do mercado.

Com ele, é possível analisar os processos e as atividades empresariais de diferentes instituições com o objetivo de compará-los. Depois, é possível absorver e adaptar ferramentas de gestão eficientes e aplicá-las de acordo com o contexto da instituição.

Usando benchmarking, é possível levantar as estratégias inovadoras e aquelas que não são promissoras. Dessa forma, pode-se investir em técnicas gerenciais positivas e aumentar a produtividade dos serviços.

Em resumo, aumentar a produtividade em hospitais e centros diagnósticos é uma tarefa desafiadora, mas que pode ser executada. Com os recursos tecnológicos disponíveis, aliados às pesquisas dos gestores é possível reverter um quadro negativo e explorar potencialidades em prol da produtividade, sem influenciar a excelência dos serviços.

E você, em quais serviços diferenciados tem investido? Quais necessitam de adaptações? Está à procura de novos conhecimentos? Então, assine nossa newsletter e fique por dentro das nossas notícias!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *